Blogger news

Sou grata pela minha família

Sou grata pela minha família
Família reunida exibindo os presentinhos no amigo oculto de final de ano

Uma das grandes preocupações do meu pai sempre foi dar à família, segurança, uma casa confortável para crescermos, um lugar protegido para onde sempre podemos voltar.
Ele trabalhou muito, muito mesmo, para construir nossa primeira casa sozinho.
Uma bela casa grande, com um quintal cheiro de árvores que era meu refúgio e dos meus irmão quando criança.
Crescemos, quisemos mudar, ele vendeu a casa e começamos tudo de novo. 
Dessa vez meus irmãos já eram crescidos, um já ia se casar, e o ajudavam bastante.
Lembro do meu pai chegar do trabalho, ajeitar uma lampada no quintal e emendar sua jornada levantando paredes, cortando barranco, fazendo muro...
Eu ficava do lado, ouvia histórias, pegava pra ele as ferramentas... Sempre gostei e sempre vou amar estar perto do meu pai. 
É uma pessoa batalhadora, que apesar dos muitos e muitos problemas da vida, da saúde frágil depois de dois infartos e 3 pontes de Safena, sempre tem algo de bom pra compartilhar.

Bem. esse post não é só sobre o meu pai, eu poderia falar coisas boas dele por 10 páginas sem problema, mas vamos resumir.

Nossa nova casa ficou pronta logo, dessa vez em área comercial, sem quintal.
Meu Irmão mais velho construiu em cima e se casou. Teve 3 filhos.
Meu irmão mais novo construiu na frente uma loja, em cima da loja a casa dele.
A loja, a 20 anos atrás virou uma sorveteria, que virou fabrica de sorvete, montada pelo meu irmão mais novo, que acabou agregando toda a família no negócio, que é até hoje a principal fonte de renda da maioria de nós.

Vivemos juntos, trabalhamos juntos, nos estressamos juntos, sorrimos e comemoramos sempre juntos, criamos nossos filhos mais como irmãos que como primos.
Quando precisamos ser acudidos, tem sempre um irmão, cunhado ou sobrinho para estender a mão.
O mesmo sobrinho que as vezes chuta bolas na minha janela, e me faz querer uma casa só pra mim, também rega minhas plantas e traz minha correspondência.
A cunhada que as vezes fala alto quando quero dormir, também da almoço para minha filha quando me atraso no trabalho.

No final das contas, o saldo é tão positivo, que quando fomos comprar cada um de nós, nossos próprios imóveis, compramos novamente no mesmo bairro, dois de nós na mesma rua, um de um lado, e outro do outro, da casa do meu pai.

Tenho uma linda família, pessoas de bem e abençoadas. aprendemos com o exemplo dos nossos pais a lutar pelo que desejamos e a nos ajudar sempre.
Sou grata, muito grata mesmo, por fazer parte dessa família.

Uma publicação compartilhada por Ana Estevan (@anaestevan1) em
Uma publicação compartilhada por Ana Estevan (@anaestevan1) em


6 comentários:

  1. Ana, tenho uma família nesse estilo e sei bem o que sente. Tem horas que não sei quantos filhos tenho, pois sinto em cada sobrinho um filho também. Família é tudo de bom. Desejo que você possa usufruir muitos e muitos anos desta alegria. Bjks

    ResponderExcluir
  2. Ana, você definiu muito bem o que é família.
    É sempre perfeita? Não... tem horas que sim, a gente quer garrar o pescoço de alguém rsrsr
    Mas ter com quem contar se precisar de um acode é a segurança da vida!
    Não sou assim tão próxima de família, sou mais isoladinha, mas reconheço a beleza que é viver assim...
    beijossss

    ResponderExcluir
  3. Olá Ana!
    Tambem tenho a felicidade de conhecer isso, e dou graças a Deus. Familia unida para o que der e vier. Meus pais nos deu isso.
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  4. Oi Ana, estou na "Gratidão" também.
    Adorei sua história.
    Família faz falta quando está longe .....
    Cheguei de viagem há um mes, fui visitar filho e neta na Austrália.
    joturquezzamundial
    Beijos.


    ResponderExcluir
  5. Que lindo Ana! Família é bem isso, a gente reclama e não vive sem rsrs... Pq na hora que a coisa aperta é tudo que temos. Deus os abençoe sempre e mais, bjokas

    ResponderExcluir
  6. Boa tarde, querida Ana!
    Desculpé-me ter demorado muito em passar mas cheguei em casa depois de um mês e fiquei sem net...Ver um post assim exaltando a família me alegra demais...
    Parabéns pela sua!
    Bjm muito fraterno

    ResponderExcluir

Sua opinião é sempre muito apreciada por aqui. Dicas e sugestões também são bem vindas. Comente!