Blogger news

21/03 - Dia Mundial da Poesia

Amo os poetas brasileiros. Por isso minha homenagem no dia Nacional da Poesia a eles e a outros poetas pelo mundo que também me encantam.

21/03 - Dia Mundial da Poesia

Vinicius de Morais, Alvares de Azevedo, Clarice Lispector, Cecilia Meireles, Nado Reis, Victor Chaves, Fernando Sabino, Shakespeare, Carlos Drummond de Andrade...
São inúmeros, famosos, anônimos como eu, de tempos antigos, dos tempo atuais...
Não tenho época ou estilo favorito, Apenas amo, amo muito, uma boa poesia.

Quando criança / adolescente na escola, eu amava receber as provas de português que vinham quase sempre com uma bela poesia pra gente fazer interpretação de texto. 

Era assim que eu ia conhecendo os grandes nomes da literatura brasileira, nas provas, nos livros, nos trabalhos de português... 
Conhecendo e me apaixonando.

A primeira poetisa que me encantou foi Roseana Murray com seus Classificados Poéticos. Tive que decora-los na quinta série, e nunca mais esqueci. Seque um pequeno trecho:

"Procura-se algum lugar no planeta
onde a vida seja sempre uma festa
onde o homem não mate
nem bicho nem homem
e deixe em paz
as árvores da floresta."

Roseana Murray

Poeta maravilhoso que nos deixou muito cedo foi Álvares de Azevedo. Foi vencido por um tumor com apenas 20 anos de idade, mas ainda assim, nos deixou uma rica contribuição literária.
Li Noite na Taverna e A Lira dos 20 Anos, uma coleção de poesias maravilhosas e um verso que também decorei muito cedo:

"Descansem o meu leito solitário 
Na floresta dos homens esquecida, 
À sombra de uma cruz, e escrevam nela: 
Foi poeta - sonhou - e amou na vida."

Álvares de Azevedo

Enfim, minha homenagem a todos os compositores que sabem fazer poesia em forma de música:


Alma de Poeta

Seres que se inspiram no escuro da noite
Corações alados que aos sonhos dão vida
Expressam pelo mundo sentimentos mil
E têm sempre o bálsamo pra toda ferida

Espera que cheguem e se aconcheguem
Espera que peguem um violão
E os versos virão dos devaneios
Dos acordes, do copo, do coração

E o mundo se iluminará
E uma canção nascerá

Não deixe que se apague a chama não
Não deixe que aquiete o coração
Fale do amor, da dor, do universo
E escute nascer mais uma canção

Ana Estevan

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é sempre muito apreciada por aqui. Dicas e sugestões também são bem vindas. Comente!